Tártaro no dente: como tratar?

Tártaro no dente: como tratar?

Você sabia que o tártaro no dente prejudica não somente a estética, como também a saúde dos dentes? Além disso, pode causar irritação nos tecidos gengivais e facilitar a formação de cáries.

Para evitar esse problema, é fundamental entender mais sobre o que é, como é formado e as possíveis complicações. Esclareça agora todas as suas dúvidas sobre tártaro no dente.

O que é tártaro dental?

O tártaro dental, também conhecido com cálculo, é a placa bacteriana ou biofilme que endurece na superfície dos dentes ou sob a gengiva. É caracterizado por uma camada mais escura, em geral, amarelada.

tártaro no dente

 

Existem dois tipos de tártaro no dente:

» Supragengival – localizado acima da borda da gengiva. Sendo a parte mais aparente do dente, é de fácil identificação. A coloração é esbranquiçada ou amarelada.

» Subgengival – localizado abaixo da borda gengival. A identificação é mais difícil, já que está aderida a superfície do dente, é mais firma e tem coloração esverdeada ou negra.

Como identificar o tártaro no dente?

O tártaro no dente tem formação mineral e desde que esteja acima do nível da gengiva, é de fácil identificação. Os principais sinais são a coloração mais escura e irritação na gengiva. Já o subgengival, não tem sinais tão aparentes assim.

A melhor forma de identificar é em uma consulta com um dentista. O profissional analisará a gravidade e forma de tratamento, baseando-se na gravidade.

O que causa tártaro no dente?

O tártaro no dente é causado, basicamente, pela falta de higienização ou higienização incorreta. Após comer e beber, os resíduos permanecem na boca e servem como alimento para bactérias. Pessoas viciadas em carboidratos e açúcar tem ainda mais riscos, visto que produzem ácidos para atacar a superfície dos dentes. A placa bacteriana cresce e essas bactérias podem infectar gengivas, dentes, tecido periodontal e o osso da mandíbula.

Ter tártaro no dente significa que a escovação e o uso do fio dental não estão sendo realizados ou estão sendo feitos de maneira incorreta.

Possíveis complicações para pessoas com tártaro no dente

Cárie –  uma das principais consequências do tártaro, visto que o tártaro dá à placa bacteriana um espaço maior e propício para o crescimento;
√ Gengivite  – causa inflamação e infecção nos tecidos que dão sustentação aos dentes, como as gengivas, os ligamentos e o osso alveolar;
√ Periodontite – causa desgaste no osso, gengivas e fibras que sustentam o dente;
√ Estética prejudicada – por ser poroso, o tártaro facilita a absorção de manchas. Fumantes ou pessoas com vício em café ou chá precisam ter cuidado redobrado com a higienização bucal. Além disso, ao gargalhar, é possível ver as manchas do tártaro na superfície do dente;
√ Perda de dente

Qual é a melhor forma de prevenção do tártaro?

A melhor forma de prevenir o tártaro é através da escovação correta. Para manter a higienização dos dentes, é preciso  escovar, passar fio dental e enxaguante bucal após cada refeição. Isso evita o acúmulo de resíduos e, por consequência, as chances de formação de tártaro.

Recomenda-se também o uso de escovas elétricas, que podem ser encontradas em farmácias ou Internet. O motivo é que ajudam a realizar limpezas mais profundas.

Aprenda o passo a passo de como escovar os dentes. 

tártaro no dente

Como retirar o tártaro do dente?

Somente um dentista pode realizar a raspagem, procedimento para remover o tártaro dos dentes. Durante essa limpeza profunda, além do tártaro, também é removida a placa bacteriana acumulada. É uma película invisível repleta de bactérias, que acaba sendo ignorada por muitas pessoas. Após o procedimento, que dura em torno de 40 minutos, os dentes ficarão mais saudáveis.

Muitas vezes, é utilizado um ultrassom para ajudar na remoção da parte “grossa” do tártaro, com um auxílio de instrumentos manuais específicos para realizar a raspagem. Depois, é feito o polimento, que ajuda a remover as manchas, deixa os dentes mais claros e remove pequenas imperfeições.

Qual é a frequência ideal para realização de limpeza?

Somente um profissional deve orientar quanto a frequência ideal da remoção do tártaro. É importante ressaltar que a limpeza não deve substituir a higienização. Portanto, é importante manter a escovação em dia com um creme dental adequado recomendado pelo dentista.

Remédio caseiro para remover tártaro funciona?

Se você está incomodado com o tártaro, provavelmente já buscou por soluções de remoção caseiras. Mas será que funciona mesmo? A resposta é não! Muitas pessoas acreditam que bicarbonato pode remover o cálculo em poucos minutos, mas isso é um mito. A remoção só pode e deve ser feita através da limpeza. Outro ponto importante é que o uso excessivo de bicarbonato pode tirar o esmalte do dente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *